Explore o vasto (e quase escondido) acervo de audiolivros do Spotify

explore_o_vasto_e_quase_escondido_acervo_de_audiolivros_do_spotify

De Sylvia Plath aos famosos contos de Hans Christian Andersen, são várias pérolas literárias disponíveis no serviço de streaming

Jéssica Soares, na Superinteressante

Nem só de música vive o Spotify. Caso você já tenha tirado alguns minutos para explorar as várias categorias do serviço de streaming de áudio, é possível que já tenha esbarrado, por exemplo, no gênero Comedy/Comédia, que reúne quadros de stand-up de grandes comediantes e até playlists com piadas curtas. Mas é bem provável que você ainda não saiba que, em meio ao vasto acervo do serviço, estão disponíveis obras literárias integrais na língua inglesa – um achado para quem quer treinar a proficiência na língua estrangeira ou para quem já tem o hábito de consumir audiolivros.

Parte do conteúdo em áudio está reunido no gênero Word – “Palavra”, em português, que também aparece no serviço com o nome “Do Mundo” – e pode ser acessado através do navegador clicando aqui ou através do aplicativo para celular e desktop digitando na busca spotify:genre:word. São, ao todo, 30 playlists com diferentes conteúdos, que incluem contos de fadas e fábulas, histórias de terror (que vão desde contos de Edgar Allan Poe até narrações do mestre do suspense Alfred Hitchcock), histórias de ação e aventura (com clássicos como Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas, e Moby Dick, de Herman Melville), literatura escrita por mulheres (que inclui Mrs. Dalloway, romance de Virginia Woolf), uma coletânea de escritos das irmãs Brontë (com os clássicos Jane Eyre e Morro dos Ventos Uivantes) e até mesmo um guia hipster de poesias.

O que torna o conteúdo ainda mais interessante é que ele permite ouvir as palavras na voz dos próprios autores. É o poeta Allen Ginsberg, por exemplo, quem lê o seu poema Howl/Uivo, considerado um dos grandes escritos da Geração Beat – também representada na voz do autor de On the Road, Jack Kerouac. Há também por lá diversas leituras do escritor James Joyce de suas obras de peso, como Ulisses. É possível também conhecer os grandes poemas de Sylvia Plath e Gertrude Stein nas vozes das autoras.

explore_o_vasto_e_quase_escondido_acervo_de_audiolivros_do_spotify_2

Quem estiver interessado em garimpar, pode encontrar no Spotify muito mais opções de conteúdo literário, desde audiolivros até palestras e falas de grandes autores e autoras – Open Culture listou 75 boas opções . É possível encontrar por lá até mesmo a famosa transmissão radiofônica de Guerra dos Mundos, de H. G. Wells, feita por Orson Welles (diretor de Cidadão Kane), que teria causado pânico entre os ouvintes desavisados que pensaram se tratar de um boletim de notícias real sobre uma invasão alienígena.

A disponibilização do conteúdo literário em áudio está alinhada a uma tendência mundial, apesar do formato ainda não ter pegado no Brasil. Enquanto editoras lidam com a queda nas vendas de livros em mídia impressa e digital, o mercado de audiolivros apresenta crescimento – nos Estados Unidos, o número de downloads cresceu 38,1% em 2015, segundo a Association of American Publishers. O Audible, plataforma de audiolivros da Amazon que oferece conteúdo através de uma assinatura mensal, tem apresentado crescimento anual de 40% por ano. Em 2015, os assinantes ouviram 1,6 bilhões de horas de conteúdo (em 2014, foram 1,2 bilhões). O serviço conta com livros em 37 idiomas, mas o acervo em português ainda é tímido – são cerca de 100 títulos até o momento.

 

 

Fonte: Livros e pessoas

Eu sou Lúcia Mara Formighieri, cega, graduada em Comunicação Social/Jornalismo há 12 anos e apaixonada por livros. Idealizadora deste blog, parceira e colunista no Congresso de Acessibilidade, Canal de Notícias, entre outros.

“O que eu posso fazer enquanto comunicadora, para transformar a vida das pessoas?

Com este questionamento, criei este Blog, Literagindo, para tratar de Literatura e Leitura Inclusivas!

Venha Literagir com a gente!